PE FÁBIO DE MELO.jpg
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

Padre Fábio José de Melo Silva, mais conhecido como Padre Fábio de Melo nasceu no dia 3 de abril de 1971, na cidade de Formiga (Minas Gerais). É um sacerdote católico, escritor, artista, professor universitário e apresentador de TV, pertencente originalmente à Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus. Ficou nacionalmente conhecido por seu trabalho como comunicador: sua obra compõe-se de 6 livros publicados e também de 11 CDs. Foi ordenado em 2001 e atua na diocese de Taubaté, no interior do Estado de São Paulo. É o caçula dos oito filhos da dona-de-casa Ana Maria de Melo Silva e do pedreiro Dorinato Bias Silva.

Como professor universitário, deu aulas de teologia na Faculdade Dehoniana de Taubaté. Já vendeu mais de 2 milhões de cópias de CDs além de 500 mil livros. Apresenta o programa Direção Espiritual na TV Canção Nova, às quintas-feiras, às 22 horas e 30 minutos.

Mestre em antropologia teológica. Após 18 anos de formação e estudos em seminários, no dia 15 de Dezembro de 2001, na Igreja Matriz de São Vicente Ferrer (em sua cidade natal), foi ordenado sacerdote pela oração consecratória da Igreja e imposição das mãos do Arcebispo Metropolitano Dom Alberto Taveira Corrêa.

Foi levado para o seminário de Lavras pelo padre Maurício Leão, que teve grande influência na sua vida de seminarista. Sua referência na vida sacerdotal são os padres Zezinho, Joãozinho e Léo Tarcísio.

Fez o primeiro grau na Escola Estadual Abílio Machado, em Formiga (Minas Gerais), e o segundo grau no colégio Nossa Senhora de Lourdes, em Lavras (também em MG). É formado em Teologia pela Faculdade Dehoniana de Taubaté, com diploma emitido pela Pontifícia Universidade Católica no Estado do Rio de Janeiro. Também é formado em Filosofia pela Fundação Educacional de Brusque, em Santa Catarina.
Pós-graduado em Educação no Rio de Janeiro e mestrado em Belo Horizonte, junto aos jesuítas na FAJE: Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia.

Em 1997 lançou seu primeiro CD denominado "De Deus um cantador". Em seguida lançou o cd "Saudades do Céu", com a participação de diversos artistas católicos. Ao receber a ordenação diaconal, compôs a música "As estações da vida", que se tornou a música de abertura de suas apresentações ao vivo.
Em 2003, já havia sido ordenado padre, Quando lançou "Marcas do eterno".

No ano de 2004, lança o disco "Tom de Minas", um projeto independente e de conteúdo autoral que homenageia nomes e lugares do Estado onde ele nasceu: Minas Gerais. Com a participação do cantor e compositor Paulinho Pedra Azul.

Retorna aos temas ligados a sua formação em 2005, com o CD "Humano Demais", que contém canções de sua autoria e de outros compositores da música católica.

Celebrando seus 10 anos de atuação na música católica, lança um CD com composições sertanejas suas e de diversos autores conhecidos do ritmo sertanejo, homenageando suas origens e as do seu pai, que também cantava e tocava viola caipira.

Em 2007, é lançado o CD "Filho do Céu", onde ele fala das vivências pessoais e daqueles que se foram, como o Padre Léo Tarcisio, seu formador durante o seminário.

music.png
Playlist FH.png