Confira o que os artistas comentam sobre a festa que nunca acaba

A seguir, reunimos a partilha de alguns artistas sobre suas apresentações na festa que nunca acaba.

O Festival Halleluya é um evento que reúne artistas católicos de todos os lugares do Brasil e do mundo. Nas últimas edições em Fortaleza, atrações internacionais marcaram presença e emocionaram o público. Entre elas, esteve a Irmã Cristina, freira italiana que venceu o The Voice Itália em 2015 e que até hoje é um dos grandes nomes da música cristã. A seguir, reunimos a partilha de alguns artistas sobre suas apresentações na festa que nunca acaba.

Mas antes de apresentar os comentários dos artistas, vale destacar que foi no palco da arena Halleluya que Missionário Shalom (MSH), Suely Façanha, Davidson Silva, Ana Gabriela e tantos outros artistas da Comunidade Católica Shalom lançaram canções que até hoje fazem parte da caminhada e da história de fé de muitos homens e mulheres. A experiência do festival marca a vida de quem participa porque enche o coração de um nova esperança.

Para o vocalista do MSH, Guilherme Pontes, a força das artes e da música católica são grandes canais de evangelização. “É contribuir para que as pessoas se aproximem de Deus, para que vivam essa experiência”, disse. Já Gustavo Osterno costuma ressaltar que, antes dos shows no Halleluya, a única certeza que se tem é que Deus sempre nos surpreende.

Que delícia de encontro! #talk @tonohalleluya Uma partilha de vida e da vocação com pessoas cheias de desejo de amar a Deus! #ebomdemais A voz cansada mas coração apaixonado por Jesus… O Halleluya é isso, grandes… https://t.co/pfYt14g4GV

— Suely Façanha (@suely_facanha) July 25, 2019









Comentários de outros grandes artistas nas redes sociais

Em uma publicação feita no Twitter, após sua apresentação na última edição presencial do evento, Ziza Fernandes destacou que o Festival Halleluya faz parte da sua história. O @tonohalleluya faz parte da minha história!! Tantos amigos, tantas graças Deus nos proporciona! Deixo meu super beijo e minha prece! #FestivalHalleluya

— Ziza Fernandes (@ziza_fernandes) July 28, 2019 Padre Fábio de Melo também usou a rede social para agradecer a acolhida do público no Halleluya em 2019. Em sua publicação, ele ressaltou também a organização do evento. Foi nesse mesmo ano que ele comentou ainda o trabalho de evangelização da Comunidade Shalom em Fortaleza. “O Shalom tem feito um trabalho lindo com os jovens, principalmente aqui em Fortaleza. Tem muita gente sendo salva”, disse durante o show. Quem agradece sou eu. Parabéns, o Halleluya é o maior festival de música católica do mundo. E não é sem motivo. Impecável a organização.

— padrefabiodemelo (@pefabiodemelo) July 27, 2019 Já a cantora Adriana Arydes disse em entrevista ao comshalom, durante o Halleluya em 2016, o seguinte: “Cantar no Halleluya é celebrar o que a Comunidade Shalom plantou no meu coração e que hoje eu posso continuar cantando”. O evento para ela também é um marco importante na sua carreira musical. Walmir Alencar fala sobre o a festa que nunca acaba

“Este festival nos traz ainda mais o clima de amizade e sinais fortes de intimidade com Deus”, ressalta Walmir Alencar. “O carinho que a Comunidade Shalom tem e nos acolhe, transforma-nos”, completa. “Nós podemos cantar, pregar e orar, contudo uma coisa somente Deus que faz: converter corações para Ele”, disse ainda Walmir em entrevista ao comshalom em 2015.


1º Halleluya do novo vocalista da banda Rosa de Saron

Bruno Faglioni fez sua primeira apresentação com a banda Rosa de Saron no palco do Halleluya em 2019. Na ocasião, ele destacou:

"É uma alegria muito grande a gente estar aqui numa nova fase, numa nova história. Mas ainda assim carregando o amor de mais de 30 anos de fãs da banda Rosa de Saron, de pessoas que derramam todo o sentido sobre nossa missão que é levar a Palavra através da música. Dá até um nervosismo porque sei que a responsabilidade é grande. Mas é um nervosismo bom porque a gente sabe que no fundo no fundo o festival é uma missão que salva vidas.


Artistas comentam a iniciativa do Halleluya Solidário

Em 2020, devido à pandemia, o Festival Halleluya precisou ser realizado no formato virtual. Contudo, o evento ressaltou ainda mais o seu caráter solidário, pois durante os shows o público pode realizar doações em prol de comunidades que estão desenvolvendo trabalhos com os mais necessidades. Alguns artistas comentaram a iniciativa do Halleluya Solidário.

“A solidariedade é o melhor investimento que podemos fazer neste tempo” Diego Fernandes

“A solidariedade é que vai salvar o mundo” – Rogério Feltrin, Banda Rosa de Saron

“O Halleluya não pode parar, a palavra de esperança precisa ser dada”Eduardo Faro, Banda Rosa de Saron

“Podemos ser sinais da Divina Providência”Irmã Kelly Patricia

“Assim como o óbolo da viúva, o que falta você partilhar? Qual a oferta que você ainda precisa fazer para que alguém seja alcançado pela sua solidariedade?”Suely Façanha


Vale lembrar também que o som da esperança volta a tocar neste ano no formato virtual. Acompanhe todas as novidades do Festival Halleluya 2021 aqui no nosso portal e nas redes sociais oficiais do evento.


Serviço Festival Halleluya 2021 Quando: De 23 a 25 de julho de 2021 Onde: Canal do Youtube do Festival Halleluya Instagram: @festivalhalleluya Facebook: Festival Halleluya